Escolha uma Página

Você já deve ter se perguntado isso alguma vez, muitos profissionais, não somente designers, deparam-se com esse grande dilema. Tomar essa decisão as vezes é difícil. Você teria coragem para mudar o rumo de sua carreira?

Todo ser humano nasce com pelo menos um talento que é aquela atividade ou habilidade que você tem grande satisfação em realizar e até mesmo realiza isso com grande perícia.

Porém a realidade é que nem todos conseguem trabalhar fazendo unicamente aquilo em que tem prazer e satisfação profissional e isso no Brasil acredito que é mais frequente.

Vários motivos levam as pessoas a trabalharem em uma profissão que não gostam ou que não se sentem plenamente satisfeitos como profissionais, as vezes por ser uma profissão que já se tornou uma tradição em sua família, ou é a carreira que seus pais sempre sonharam para você ou simplesmente por que é uma profissão que dá um bom retorno financeiro.

Os designers são um tipo de profissional que entra nessa lista, muitos designers acabam sendo “forçados” a ter que trabalhar em uma outra área para poder manter seu padrão de vida e, principalmente, pagar as contas.

Quando um jovem entra no curso de design ele logo visualiza todas as possibilidades de trabalho e todos os setores onde ele pode vir a atuar, e é lógico que a maioria já se imagina trabalhando nos melhores ramos do design e recebendo as melhores remunerações porém ao se formar o novo designer percebe que não é tão fácil assim como parecia no começo.

Em meu blog pessoal eu escrevi um artigo falando sobre o design de games que é um dos setores dentro do design que vem crescendo nos últimos anos mas que ainda é pequeno no Brasil se comparado com outras áreas do design, um designer recém formado que desejar atuar no setor de games terá que enfrentar um mercado altamente concorrido, que exige um alto nível de capacitação e que ainda não possui um grande número de empresas atuando nesse ramo.

Diante desse quadro é comum que o designer que busca atuar nessa área desanime com o tempo e acabe trabalhando em algo que não é o que ele realmente almejava mas que ajuda a pagar as contas.

No entanto é possível largar seu emprego estável para se dedicar unicamente a sua vocação como designer e eu vou listar aqui algumas dicas que podem te ajudar a ter uma direção na hora de tomar essa difícil decisão.

Pergunte a si mesmo: “O que eu quero para mim?”

Saber o que você pretende alcançar como profissional em sua área é fundamental antes de tomar a decisão de largar seu atual emprego ou curso e seguir a carreira de designer, pense em qual é a área do design em que você mais gosta de trabalhar, nessas horas vale lembrar dos trabalhos da faculdade em que você se destacou ou pensar em qual assunto relacionado ao design mais te prende e que você mais busca.

O trabalho ideal é aquele que você faz com todo seu empenho e todas as suas forças e não importa as dificuldades ou aborrecimentos que surjam no caminho você ainda assim ficará satisfeito no final do projeto.

Busque se aperfeiçoar

Aqueles que possuem uma boa capacitação profissional tem mais facilidade em conseguir trabalhar fazendo o que gosta. Para trilhar o caminho que você escolheu seguir dentro do design você precisa buscar um constante aperfeiçoamento.

Isso sempre irá refletir em seus projetos. Os melhores profissionais estão constantemente aprendendo e também praticando as coisas que já aprenderam, reserve um tempo para praticar e para estudar algo novo ou algo que você ainda não sabe fazer.

Pode ser um grupo de ferramentas num software que você utiliza em seus projetos, uma técnica de pintura nova, um material que você ainda não utilizou, etc. Isso vai colocar você a frente de seus possíves concorrentes pelo fato de estar agregando conhecimento e técnica em suas habilidades e também melhorando seu currIculo.

Seja consciente das dificuldades

Tenha plena consciência de que largar o seu emprego ou curso na faculdade para seguir uma carreira dentro do design, normalmente, não será um “mar de rosas” e quanto mais concorrida for esse ramo do design mais difícil será para você começar a trabalhar apenas com aquilo que lhe traz satisfação.

Por exemplo: se você pretende trabalhar como designer de games, como mencionei anteriormente, não imagine que você já vai começar a trabalhar como projetista dos jogos desenvolvidos pela Microsoft, você pode até mesmo ter isso como uma meta mas deve saber que até chegar lá terá que crescer degrau por degrau e sempre estar buscando aumentar o seu conhecimento e a sua capacitação.

Seja organizado e faça um planejamento

Para facilitar essa troca de um bom emprego fora de sua área por uma carreira fazendo aquilo que gosta é fundamental que você se planeje, busque conhecer mais a fundo esse setor em que você pretende entrar ou se dedicar totalmente, avalie o que será necessário e também onde poderá atuar, pesquise as empresas no mercado, defina o salário que pretende ganhar, verifique se existe algum curso que terá que fazer para poder entrar nesse mercado, etc.

Planejar esses detalhes irá fazer com que essa mudança seja mais segura e evitará que você passe por uma série de apuros.

Mesmo com todas as dificuldades ainda é melhor seguir uma carreira com a profissão que você gosta pois acredito que acima do dinheiro está a satisfação pessoal e a sensação de dever cumprido a cada dia, o dinheiro virá como uma consequência de um bom trabalho.

Agora dê a sua colaboração para esse artigo dizendo qual a sua opinião para essa pergunta: Dá pra largar um bom emprego e seguir exclusivamente a carreira de designer?.

Se você já passou por esse problema então compartilhe sua experiência com a gente.