Escolha uma Página

O visual merchandising já se mostrou ser uma das principais armas utilizadas pelas empresas que buscam colocar os seus produtos em evidência e se sobrepondo diante de um mar de produtos semelhantes. Um projeto que vi recentemente me chamou a atenção pela utilização de um material que vem se tornando uma tendência entre designers.

Estou me referindo ao “Corian“, um material sintético considerado entre os especialistas como o material “do futuro” devido a sua maleabilidade que permite fazer curvas e emendas invisíveis, características que são um verdadeiro presente na mão de profissionais criativos que aproveitam todas essas qualidades em PDV’s, vitrines, efeitos de iluminação (com uso de Corian translúcido) e muitos outros projetos.

Segundo a arquiteta Moema Wertheimer o Corian é um material de excelente performance e que além da garantia de manutenção tem como a higienização um dos pontos fortes em sua aplicação.

01

Além de Moema outros grandes nome da arquitetura contemporânea como Márcio Kogan, Débora Aguiar, Patrícia AnastassiadisMW Arquitetura entre outros, já se renderam aos excelentes resultados  que podem ser obtidos com a aplicação desse material.

O Corian é uma pedra sintética e é composta por aproximadamente 1/3 de resina acrílica e 2/3 de minerais naturais além de ser sustentável já que permite a renovação e o reaproveitamento do material de acordo com o certificado LEED. Aqui no Brasil é possível encontrar o corian em até 30 cores diferentes porém a branca ainda é a mais comumente utilizada.

A empresa Avitá Design é uma das principais processadoras do material no Brasil e possui a maior certificação da Dupont. Segundo o diretor da Avitá Design Fernando Cotait  “para produzir qualquer coisa de Corian com qualidade é necessário técnicas especiais, materiais, maquinário como CNC router e mesa de modelagem à vácuo para termomoldagem. Para as exigências de qualidade e prazo do varejo, poucas atendem”.

As grandes marcas internacionais também já se renderam ao Corian utilizando-o em uma enorme gama de projetos como por exemplo a loja conceito da Issey Miyake em Paris com o Corian translúcido na vitrine, os biombos texturizados da Louis Vuitton Paris, a Melissa Flaship de Soho NYC com displays modernos, a fachada da Sportalm Fashion Store Vienna e o design de interior da Chantal Thomass Paris.

A durabilidade do Corian permitem uma loja sempre nova e com design arrojado. A superfície do Corian também chama muito a atenção pela sensação de veludo que transmite e que é altamente agradável ao tato. Além do mais o Corian possui uma temperatura suave diferenciando-se do vidro que é gelado e bastante utilizado em bancadas.

Um projeto em especial que gostaria de mencionar e compartilhar aqui é o das fachadas das lojas Le Lis Blanc, onde o Corian translúcido foi utilizado para marcar a estréia da loja no recém inaugurado shopping Cidade São Paulo.

O Corian é um material que permite um acabamento perfeito, considerado de luxo e vai de encontro ao posicionamento da Le Lis Blanc.  A qualidade que a marca transmite em suas linhas deve ser refletida na fachada – Fernando Cotait, diretor da Avitá Design

Veja algumas imagens que mostram a utilização do Corian no projeto da Vitrine Le Lis Blanc no Shopping Cidade São Paulo:

Avitá Design - Le Lis Blanc (3)

Avitá Design - Le Lis Blanc (15)

Avitá Design - Le Lis Blanc (28)

Avitá Design - Le Lis Blanc (17)

Outra grande marca que desponta no Brasil, a dinamarquesa Pandora, também traz um projeto novo de visual merchandising internacional dessa vez para a loja do Shopping Morumbi.

O principal desafio da marca foi encontrar uma empresa especializada no uso do Corian e que fosse localizada aqui no Brasil, e foi justamente a Avitá Design que executou a ideia por trás do projeto que seria de criar fitas entrelaçadas como se a empresa estivesse embalada para presente. Tudo isso só foi possível com o uso do Corian que é capaz de brincar com a superfície fosca e brilhante para dar a percepção de tridimensionalidade de uma caixa de presente.

Avitá Design - Pandora (11)

Avitá Design - Pandora

Além do varejo, o Corian no visual merchandising pode ser utilizado também em outros tipos de projeto arquitetônico como por exemplo o retrofit do centro cultural FIESP, projeto de Moema Wertheimer que apostou no uso do Corian desde a recepção até a biblioteca com design geométrico.

Avitá Design - FIESP (1)

Avitá Design - FIESP (15)

A alta resistência do Corian permite um baixo custo de manutenção para o segmento varejista e a Avitá Design acabou se destacando como uma especialista quando o assunto é o uso do Corian nos mais diversos tipos de projetos, desde os residenciais, restaurantes e bares até os mais peculiares como hospitais e resorts.

Então é isso aí pessoal, espero que vocês tenham gostado de mais esse artigo, hoje trazendo um tema que achei bem interessante e que acredito que pode despertar a atenção de vocês também.

E você já sabe que pode acompanhar mais do meu trabalho através do meu portfólio no Behance e do meu perfil no Instagram, me segue lá e fique por dentro de tudo o que estou preparando para as próximas semanas tanto aqui para o blog quanto para os meus outros empreendimentos.

Valeu pessoal, abraço à todos e até o próximo post.