Escolha uma Página

Hoje estou iniciando uma nova série onde irei apresentar as principais técnicas de criação de lettering. Cada técnica será apresentada em uma parte teórica com as suas principais características, em seguida irei ensinar como realizar aquela técnica na prática com dicas e demonstrações.

E no primeiro artigo dessa nova série eu vou apresentar um dos estilos mais famosos dentro do lettering, o Letterpress.

Lettering no estilo Letterpress

Esse estilo é um dos mais utilizados por type designers por ser mais livre e permitir uma infinidade de representações gráficas e estilização das letras. Outra grande vantagem desse estilo é a liberdade que você tem no uso dos materiais que normalmente são lápis e canetas de desenho.

A maioria dos trabalhos encontrados nesse estilo são em preto e branco porém muitos type designers gostam de aplicar técnicas de colorização em seus trabalhos de lettering no estilo Letterpress.

Uma outra característica do Letterpress é que as letras normalmente se parecem mais com tipos prontos do que com letras no estilo brush que são aquelas feitas com canetas com ponta de pincel.

As composições nesse estilo normalmente são todas com as letras bem agrupadas com variações de tamanho, peso e família tipográfica o que dá um visual muito bacana ao lettering.

Juntamente com as letras podem ser adicionados outros elementos gráficos que normalmente são pequenos desenhos como símbolos, faixas, molduras etc.

Lettering no estilo Letterpress por Tobias Hall

Lettering por Tobias Hall

Lettering no estilo Letterpress por Tobias Hall

Lettering por Tobias Hall

Lettering no estilo Letterpress por Tobias Hall

Lettering por Tobias Hall

Lettering no estilo Letterpress por Sean McCabe

Lettering por Sean McCabe

Lettering no estilo Letterpress por Sean McCabe

Lettering por Sean McCabe

Lettering no estilo Letterpress por Sean McCabe

Lettering por Sean McCabe

Lettering no estilo Letterpress por Sean McCabe

Lettering por Sean McCabe

Lettering no estilo Letterpress por Sean McCabe

Lettering por Sean McCabe

Essas são as características básicas do estilo Letterpress, com certeza é uma das melhores técnicas para iniciar no lettering justamente pela liberdade na construção das letras e no uso dos materiais. Agora então vamos ver qual é o passo a passo da construção de um lettering nesse estilo.

Materiais

Vamos começar com a escolha dos materiais, para essa composição eu vou usar:

  • Uma folha de papel Canson, no formato A4, na cor creme e com a gramatura de 140g/m². Esse é um dos tipos de papeis que mais gosto pois ele absorve bem a tinta das canetas e possui uma ótima textura que valoriza bastante a colorização.
  • Para fazer os esboços e toda a construção prévia eu vou usar um lápis de desenho, uma lapiseira, uma borracha branca e uma régua para fazer as marcações e linhas guias.
  • Na arte final eu vou utilizar uma caneta de tinta Nankin da marca Sakura e do modelo Pigma Micron, e o número da ponta dela é 01.
  • Nessa composição eu quero criar uma ilustração de um personagem para ficar com um visual mais atraente e de acordo com o meu estilo pessoal, e quero que essa composição seja colorida, então para isso eu vou usar alguns lápis de cor, aqui eu vou usar os da marca Faber Castell.

Vale ressaltar que esses materiais são apenas sugestões pois são os materiais que eu utilizo, lembre-se que eu disse que esse é um estilo mais livre então sinta-se a vontade para utilizar materiais da sua preferência e de acordo com o seu estilo pessoal.

Agora que já vimos quais os materiais que irei utilizar vamos então para a primeira etapa que é a de esboços e marcações.

Curso online de lettering

Antes disso eu já pensei na minha ideia de composição, já escolhi a frase e a forma dos tipos que irei utilizar, se você quiser saber como eu fiz isso eu recomendo que você veja um vídeo no canal da Corporação Criativa onde eu explico essas etapas com mais detalhes, para acessar esse vídeo basta clicar NESSE LINK.

Aqui eu comecei com o desenho do personagem já que a posição dele é fundamental para a composição geral das letras. Em seguida eu traço as linhas guias e marco onde cada letra irá ficar.

Começo com traços bem leves apenas para demarcar a posição das letras e adequar cada palavra dentro da forma que eu escolhi, que nesse caso será retangular.

Sketch com guias e marcações

Primeira etapa: Guias e marcações

Agora que já demarquei a posição das letras eu passo para uma etapa de refinamento, ou seja, vou definir melhor o desenho das letras utilizando a lapiseira, e isso eu vou fazer tanto no lettering quanto no personagem.

Contorno das linhas feitas com lápis

Segunda etapa: Contorno das linhas

Agora que o meu lettering e minha ilustração estão completamente definidos eu vou iniciar a arte final, primeiramente vou contornar os traços utilizando a caneta Nankin.

Depois de contornar todo o desenho eu vou então passar a borracha por cima dele para apagar os traços deixados pelo lápis e lapiseira, é importante fazer isso com cuidado e bem de leve para não danificar a superfície do papel.

Agora vem a segunda etapa da arte final, que consiste em traçar as espessuras e preencher as partes que necessitam de preenchimento como o cabelo do personagem e as letras do lettering.

Arte final - Preenchendo as letras

Terceira etapa: Arte final

Na última etapa da arte final eu vou então fazer a colorização do meu personagem, eu decidi deixar as letras apenas com o Nankin mas você pode deixá~las coloridas, isso vai depender apenas do seu gosto e estilo.

Dá uma olhada em como ficou o resultado do nosso lettering no estilo Letterpress:

Colorização da ilustração e do lettering

Quarta etapa: Colorização


E para você que leu o artigo até o fim eu tenho um bônus inteiramente gratuito que acredito que pode te ajudar. Eu utilizei o Behance para criar uma coleção com alguns excelentes projetos de lettering no estilo Letterpress para você utilizar como referência e inspiração.

Para acessar essa coleção você só precisa clicar NESSE LINK, caso você já possua uma conta no Behance pode simplesmente seguir a coleção para poder consultá-la sempre que quiser acessando a sua aba de coleções.

Caso você não possua uma conta no Behance pode simplesmente colocar a página nos seus favoritos.

Espero que seja útil e que ela possa te ajudar a conhecer um pouco mais do estilo letterpress e a melhorar a sua habilidade no desenho de letras personalizadas.

Coleção no Behance com projetos de Letterpress

Coleção no Behance com projetos de Letterpress


Você gostou desse artigo? Ele te ajudou de alguma forma? Então não esqueça de deixar o seu like e apoiar o trabalho do Design Zero Um.

E se você ainda não é inscrito no canal da Corporação Criativa aproveita e se inscreve para não perder os próximos vídeos da série, já somos mais de 6500 criativos unidos nessa corporação.

Então é isso aí pessoal, vou ficando por aqui, abraço, e eu vejo vocês no próximo post.

newsletter Design Zero Um